terça-feira, 5 de janeiro de 2016

Fórmula para escrever redações e dissertações

Minha motivação para escrever esse texto é a dificuldade que observei e observo em Trabalhos de Conclusão de Curso (TCC). Dou aula na Fatec de São José dos Campos e a questão fica latente nas apresentações feitas nas bancas de correção no fim do semestre. Assim vou compartilhar aqui minha fórmula para escrever textos.


Não fui eu quem criou esse método. Eu o aprendi durante o curso pré-vestibular para fazer redações. Mas ele serve muito bem para trabalhos científicos e técnicos. Seu objetivo é construir o texto em um formato bem definido. Assim o escritor só se preocupa com conteúdo.


Para redações o texto possuirá 5 parágrafos, assim distribuídos:

  1. O primeiro parágrafo introduz o assunto, citando 3 grandes temas a serem abordados;
  2. Cada um dos 3 parágrafos subsequentes descreve um dos temas mencionados na introdução;
  3. O quinto, e ultimo parágrafo, apresenta a conclusão geral do texto.
Além disso cada um dos 5 parágrafos possui o seguinte formato:

  1. É composto por 3 ou quatro frases;
  2. A primeira introduz a idéia do parágrafo;
  3. A segunda desenvolve a idéia;
  4. A terceira frase conclui, já preparando o assunto do próximo parágrafo;
  5. O próximo parágrafo utiliza conectores (Embora, Sendo assim, Porém, Apesar disso) para manter a fluidez no texto.
E assim termina a descrição do formato.


Dessa maneira, ao seguir essa fórmula, aliado à escrita formal em terceira pessoa, você irá escrever uma redação dissertativa que caberá entre 20 e 30 linhas. O texto será conciso e objetivo. Assim o formato exigido em vestibulares será cumprido e o papel do escritor é apenas preencher esse "template" com conteúdo.


Outra vantagem da regra é evitar o uso de frases longas. Elas costumam ser difíceis de entender para o leitor. Grandes sentenças também obrigam o uso de muitas vírgulas. E as regras de uso desse sinal se mostram outra grande dificuldade para alunos.


Mas o TCC de um curso de graduação é maior do que uma redação. Seu formato geral costuma ser descrito em normas ABNT. Apesar disso, ainda é possível utilizar a fórmula supracitada para escrever o texto.


Se a regra dos parágrafos for seguida, você irá obter um texto fluído. Poucas vírgulas serão usadas. Sentenças pequenas deixarão o texto claro. Haverá preocupação com uso de conectores e ligação entre assuntos de diferentes parágrafos, capítulos e subseções.


E a fórmula não se limita a esse tipo de trabalho. Esse post foi escrito utilizando o método. Cada parágrafo foi escrito para elucidar o formato:

  1. Toda introdução de parágrafo está sublinhada;
  2. Todo desenvolvimento em negrito;
  3. Toda conclusão vem depois do desenvolvimento e texto normal.


Para mim esse formato fica bem claro e objetivo. Utilizei também em todo meu livro App Engine e Python. E para você, será que ficou? Gostou do "hack" para escrever textos?

Postar um comentário